English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

As Primeiras Letras e "Os ecos de Lutero"




1875 - Pela lei nº 5 de março de 1875, o arraial Nossa Senhora da Piedade se tornaria Freguesia e Distrito de Nossa Senhora da Piedade de Mato Grosso. Em oito de Março foi organizado o Distrito de Paz da Freguesia, tendo como Juiz o mineiro Sérgio José de Souza, um professor trazido de Jacuí pelo Major Antônio Garcia de Figueiredo para ensinar as primeiras letras aos seus filhos. Em pleno apogeu do Império do Brasil, um mulato portador de bócio (Hipertrofia da glândula tireóide) ganharia o posto de Juiz de Paz por saber ler e escrever, coisa de muita valia naqueles sertões apinhados almas não letradas.
O mato caía e o arraial crescia, e no mesmo ano de 1875 já é Capela de Mato Grosso de Batatais.

http://2.bp.blogspot.com/-e8uEM2zfOcw/TbTv2Z1GR-I/AAAAAAAAJzQ/wHIpNF0CapE/s1600/ANTONIO-JUSTINO-E-OS-15-FIL.jpg
1875 - Em dezembro, dia 17, o Presidente da Província de São Paulo, atendendo as Câmaras de Batatais e Cajuru, resolve demarcar os limites do novo Distrito, nos mesmos termos atuais. Além de três engenheiros vindos da capital, os trabalhos contaram com a colaboração do então vereador da Câmara Distrital de Batatais, o jovem coronel Antonio Justino de Figueiredo, (neto materno e herdeiro do fundador do Arraial, Antonio Garcia de Figueiredo, o Major Garcia).
A arquidiocese da província de São Paulo nomearia o primeiro Vigário da nova Capela, o Padre Thomaz de Afonseca e Silva, que também determinaria a construção do primeiro cemitério, no mesmo local onde é o atual Hospital de Misericórdia.





Em 1873 um importante missionário protestante chegaria ao Brasil: John Boyle (1845-1892). Sua primeira parada foi em Cajuru, onde logo converteria a família Rizzo ao protestantismo, o marco inicial da nova doutrina em toda a região dos entrantes mineiros
1878 - Um dos filhos do Capitão Diogo Garcia da Cruz, o João Garcia de Figueiredo, da fazenda São João (Congonhal), desde 1878 recebia visitas de missionários protestantes e colportores (vendedores de Bíblias, principalmente). John Boyle, o missionário ora amigo dos Rizzo de Cajuru, conheceria e converteria ao protestantismo o fazendeiro João Garcia de Figueiredo e seus descendentes, os que futuramente trariam a doutrina presbiteriana para o arraial.
(artigo no jornal O Imparcial, 1917)


http://blogdealtinopolispag2.blogspot.com.br/2010/01/na-virada-do-seculo-do-progresso.html